Dr. Desiré C. Callegari e Dra. Ligia.jpg

Na Foto Dr. Desiré C. Callegari e Dra. Lígia Flório

Mário Covas apoia projeto apoio aos médicos que enfrentam a Covid-19

Projeto que conta com o apoio das Regionais da Associação Paulista de Medicina no ABC

também recebeu apoio da direção do Hospital para divulgação

 

Para fornecer apoio aos médicos que estão envolvidos no enfrentamento da pandemia Covid-19, foi criado o projeto COVIDamente pela Clínica Facili como o apoio das Regionais do ABC da Associação Paulista de Medicina.  A iniciativa foi apresentada na última semana à direção do Hospital Estadual Mário Covas com o objetivo de ampliar a divulgação dessa ação aos profissionais da medicina.

No dia 20 de maio, a psiquiatra prof. dra. Lígia Flório apresentou ao diretor superintendente do Hospital, prof. dr. Desiré Carlos Callegari, o projeto e explicou a preocupação com o estresse provocado pela pandemia e os reflexos nos profissionais que trabalham no contato direto com a Covid-19. “Pesquisa Medscape mostrou que 69%o dos médicos se sentem para baixo, desanimados e tristes. Por meio do COVIDamente estamos promovendo uma pesquisa siglosa. Queremos saber como está a saúde mental dos médicos”, informou Dra. Lígia Flório.  

O COVIDamente tem como objetivo fornecer apoio e acolhimento aos médicos que estão vivendo o enfrentamento da Covid-19 e suas consequências. O intuito é identificar por meio de pesquisa como está a saúde em relação à ansiedade e à depressão e, a partir das informações coletadas, proporcionar ajuda e ações de benefício à classe médica como um todo, explica a dra. Lígia que desenvolve o projeto com as  psiquiatras prof.ª dra. Flávia Ismael Pinto e profª dra. Cintia de Azevedo Marques Périco, da Clínica Facili.

A participação é voluntária e o apelo é para que os médicos participem e compartilhem essa iniciativa. Basta acessar a pesquisa no site www.covidamente.com.br.  O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FMABC.