Novo certificado reafirma compromisso do Hospital Mário Covas com o meio ambiente

 

O Hospital Estadual Mário Covas está entre as instituições de saúde que conquistaram certificação 2020/2021 em projeto que avalia desafios sustentáveis envolvendo práticas de gestão de resíduos neste setor. A iniciativa é da Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis (RGHVS) que desde 2014, por meio do Projeto Hospitais Saudáveis (PHS), estabelece indicadores referentes ao “Desafio a Saúde pelo Clima” e “Desafio Resíduos de Serviços de Saúde”. Mais oito instituições administradas pela FUABC foram certificadas.  

O compromisso de Hospital Mário Covas com a destinação de resíduos e com a qualidade do meio ambiente estão evidenciadas nas várias ações e cuidados, não só no descarte e destinação de medicamentos, agulhas e descartáveis, mas também no tratamento de água para reuso utilizada na limpeza e rega. Essa  preocupação do HEMC foi evidenciada pelo diretor geral, Dr. Adilson Joaquim Westheimer Cavalcante, ao receber conjuntamente com o diretor administrativo, Dr. Antonio de Giovanni Neto, e a analista de Meio Ambiente, Sandra Eugênia Santos, o certificado  do “Desafio Resíduos de Serviços de Saúde”. Na oportunidade, Dr. Adilson Cavalcante destacou a importância  e a manutenção de todas as iniciativas que visem o equilíbrio ambiental e a saúde das pessoas.

Unidades certificadas

A unidades de saúde administradas pela Fundação do ABC que também receberam o certificado ‘Desafio Resíduos de Serviços de Saúde’ foram: AME Mauá; AME Itapevi e Centro Universitário FMABC, Instituto de Infectologia Emílio Ribas II do Guarujá; Hospital Nardini de Mauá; UPA São João e Pronto Atendimento Maria Dirce, em Guarulhos; e o Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário do Estado de São Paulo (CHSP).